Pressão Arterial e Hipertensão Arterial – dúvidas do dia-a-dia

A queixa de elevação de Pressão Arterial  é bastante comum na prática diária sobretudo em pacientes acima dos 50 anos. À medida que passa o tempo, aumentam as chances do desenvolvimento de níveis elevados  e persistentes de Pressão Arterial, caracterizando desta forma como Hipertensão Arterial ( medidas acima de 140/90 mmhg em mais de uma medida, em repouso)  .

O Ministério da Saúde estima que no Brasil há mais de 30 milhões de Hipertensos, ainda que os dados possam subestimar este valor. É um verdadeiro problema de saúde pública.  Ainda que não haja qualquer sintomaao longo de anos de hipertensão, os níveis elevados de Pressão Arterial podem aumentar o risco de Infarto Agudo do miocárdio, Insuficiência Cardíaca, Derrame ( acidente vascular Cerebral – AVC) , Insuficiência Renal Crônica.

Nesta Matéria apresentaremos algumas dúvidas comuns do paciente Hipertenso:

 

- Alimentos ricos em Sal podem ajudar o Desenvolvimento de Hipertensão?

Sim, o consumo excessivo de sal pode levar ao desenvolvimento de Hipertensão Arterial. No Brasil , há dados que sugerem que consumimos pelo menos 4,7gramas de sódio por dia, sendo o recomendado é de no máximo 2gramas por dia.

 

-  Qual é a forma correta de medir a Pressão Arterial? O que pode influenciar a medida?

São dúvidas muito comuns e que requerem informação precisa. Para valorizar uma medida de Pressão Arterial é necessário que o paciente esteja calmo e sentado em ambiente mais tranquilo possível por pelo menos 5 minutos. Evite Medir a Pressão Arterial logo após realizar exercício físico, tomar café e bebidas alcoólicas, fumar. A bexiga deve estar vazia também para uma boa medida.

É possível Medir a pressão arterial em mais de um membro, como nos braços e até mesmo, nas pernas. Sob orientação médica, além disso, medimos a Pressão nas posições sentado, em pé, deitado conforme a necessidade.

 

- Minha Medida de Pressão Arterial apontou valor maior que 140/90 mmHg, isto que dizer que sou Hipertenso?

Calma, não é bem assim.  Conforme dito acima, há vários fatores que podem influenciar uma medida de Pressão arterial. É necessário que sejam feito pelo menos 2 medidas em condições ideais em momentos diferentes para que seja realizado o diagnóstico de Hipertensão. Medir a Pressão Arterial fora do Consultório também pode auxiliar , desde que sejam respeitadas as condições para uma medida fidedigna.

- “Sempre fico nervoso em consulta médica e minha pressão sobe.” Como solucionar esta dúvida?

Ouço esta frase frequentemente na prática clínica. É importante que se converse sobre este fato em consulta médica e que cada caso seja avaliado de forma individualizada. Há mais de uma forma de contornar esta questão. Um maneira bastante empregada é a utilizaçao de um exame amplamente disponível chamado MAPA de 24horas. Este exame permite a realização de várias medidas de Pressão Arterial durante um dia inteiro, fora do consultório.  É bastante simples, não invasivo e permite tirar uma dúvida básica do paciente e de seu médico.

- “Sou Hipertenso mas não sinto nada, devo tratar? ”

     Uma vez feito o diagnostico preciso de Hipertensão arterial, é necessário que se avalie o paciente como um todo e se determine qual é o risco cardiovascular individualizado. Isto poderá influenciar no tratamento. Mesmo em pacientes sem qualquer sintomas , o tratamento da Pressão Arterial pode diminuir o risco de Acidentes vasculares encefálicos (“AVCs” ), Infarto Agudo do miocárdio ( “Ataque Cardíaco”) , Doença Renal Crônica, dentre outras doenças. Portanto, seja com medidas não farmacológicas ou com remédios, é necessário que a Hipertensão Verdadeira seja tratada o quanto antes.

 

- Existem Remédios que “sobem a pressão”?

 Costumo comentar com meus pacientes que nenhum remédio é isento de efeitos colaterais. É importante que se esteja atento para algumas medicações específicas que podem levar ao desenvolvimento de Hipertensão ou ao agravamento da mesma. Exemplos:

                  - Anti-Inflamatórios e Corticóides

                  - Alguns Anti-depressivos

                  - Imunossupressores

                  - Medicações de uso Tópico nasal com vasoconstritores

                  - remédios para emagrecer, redutores de apetite

O uso racional de qualquer medicação que influencie na pressão arterial deve ser avaliado em consulta médica para que se minimize e/ou se controle este potencial efeito colateral. 

 

- “Não me senti bem com o remédio da pressão que tomei, há outras alternativas”?

O acompanhante regular médico é essencial para monitorar efeitos colaterais das medicações. Há inúmeras alternativas disponíveis hoje em dia para controlar a pressão arterial. Cada caso poderá se beneficiar de um ou mais tipos de medicações.  

 

Leve estas dúvida e muitas outras para o seu médico. Converse abertamente sobre este assunto.  Não deixe para a próxima semana para cuidar da sua Hipertensão.